Algum texto

A História Ortognática do Evandro - Tratamento

Hoje, finalmente comecei o tratamento, tendo por cirurgião bucomaxilofacial, o Dr. Luciano da NeoFace, e como dentista, a Dra. Denise Cohen. (cheguei a eles através de indicações)

Prazo cirurgia: 4-7 meses (previsto para Dezembro)
Conclusão do tratamento: +- 1 ano (então, em maio/2011)

Então vou fazer um tipo de um diário do tratamento.

Se quer saber como cheguei até aqui, veja: A História Ortognática do Evandro


Quer tirar dúvidas e receber orientações? Acesse: Queroortognatica.blogspot.com.br


Dia 1 (03/05/2010)
O coisa horrível (mas em nome da ciência... hehe)! Bem, hoje apenas foi colocado os bracktes superiores mais 8 elasticos para abrir espaço nos molares para colocar bandas, serão 2 bandas em cada canto, ao todo, 8 bandas.

Bem, nada de novo, já usei aparelho quando criança então lembro como é. É horrível, a sensação. Ainda mais no começo até se acostumar, a boca fica estranhando, o labio parece não encontrar posição de descanso, e a boca não para de salivar pensando que é comida ou algo do tipo, pois ainda é reconhecido como um intruso no corpo, ou melhor, comida. Não está doendo ainda... mas já sinto que amanhã vai amanhacer bem dolorido. O mais ruim, é que ao chegar em casa, a primeira coisa que fiz foi pegar o bocal do trompete e ver o que dava. E foi pior que pensei... muito pior... quase q nao saiu nada.. quase que o bocal nem coube... mas acho q quando colocar o aparelho nos dentes inferiores vai dar uma equilibrada e ajudar (espero)... senão, vou ter que pular para o violino desde já... vai ser dureza isso! Não liguei para dor, incomodo, aparência, etc... mas quando não consegui fazer abelinha com o bocal, foi uma facada no coração!

Obs: A foto pode parecer torta, mas o que está torto são as bases ósseas do meu maxilar e da maxila superior; as quais serão corrigidas cirurgicamente.

Dia 2

De manhã estava até que de boas, mas ao longo do dia a dor foi crescendo; os dentes ficando dolorido, as raizes doloridas. No almoço já foi chatinho para mastigar. Na janta então, demorei quase 40min. para comer uma pamonha bem mole... e sentindo dor. Mas por incrivel que pareça, pensei (me lembro) ser pior, muito pior, muito mais intensa a dor; vai ver é que já lido melhor com tal hoje. O que me impressionou é que em 1 dia eu já sinto pressão em várias partes dos ossos da face, até do nariz. E o outro grande incomodo é a boca não parar por um instante de salivar.

Dia 3

Até o meio-dia foi o ápice dos dentes doloridos (nem almocei). Porém, a partir daí, a tarde a dor foi passando. Além disso, a salivação diminuiu bastante, começou a ficar confortável. Contudo, mesmo com a boa escovação, notei que os dentes amarelaram um pouco, verei isso com a dentista.

Dia 4


Quanto aos dentes foi tranquilo. Sem dor. Apenas 2 dentes o da frente e o seu a direita (na foto a cima), mas é um dolorido até que gostoso que fico provocando intencionalmente com a lingua. Hoje, surpreendentemente percebi que houve já um deslocamento, um movimento dos dentes, sobretudo desses doloridos. Apenas por passar a lingua por dentro, noto isso: "não era assim"; há mais espaço. Também hoje aproveitei para realmente fazer testes com o trompete e o protetor lábial; e felizmente, consegui tirar algumas notas no trompete... contudo, nem notas sujas eram, mas aquáticas, de tanta saliva que ia junto (a boca reconhece o protetor como algum tipo de alimento agora); mas muito embaçado, fico um bom tempo só tentando arrumar a embocadura... consigo pegar até um mi, mas um fiasco... começar a trabalhar notas longas entre outros... espero poder conseguir superar isso logo.

Dia 5
Totalmente tranquilo, os dentes já estão estáveis, acho que mudanças só quando trocar o arame de novo. Felizmente hoje consegui fazer vários testes e até conseguir tocar alguma coisa no trompete... (embaçado). Mas acho que dá para arriscar tocar coisas simples. Ainda estou testando várias coisas na embacadura. O pior de hoje, é que o lábio superior começou a querer acomodar-se acima do aparelho; e isso é um grande problema, pois é simplesmente O QUE NÃO PODE ACONTECER para continuar tocnado trompete, o lábio tem que ficar sobre e um pouco abaixo do aparelho; então, é uma constante vigilância e luta para deixar o lábio onde deve ficar. Porém, é dificil, principalmente quando estou falando, naturalmente ele está subindo, acho que os músculos estão relaxando; e a minha voz está fica mais aguda e estridente com o lábio subindo, deixando o som mais aberto (isso não é legal para quem dá valor a voz... fiquei com voz de criança! E também falando enrolado.) E hoje sofri o primeiro ferimento. Comendo, de repente só sinto a fisgada do aparelho enroscando com a carne interna da bochecha; bem, acho que amanhã teremos uma afta.

Dia 15 (17/05/10)
Nesse dia são colocados 4 bandas (um em cada quadrante) com uma banda, que diz ser para fixar mais e deixar mais seguro para a cirurgia. Além desses irão mais outras 4 bandas. Mas tudo muito tranquilo, a Dra. Denise, nitidamente você percebe que ela sabe o que faz e detalhadamente.

Dia 17
Coloco os brackets nos dentes inferiores; nos primeiros 15 minutos incomodou muito, mas depois não incomodaram nada, parece até ter ficado melhor, ficou mais proporcional com o superior. Até mesmo a embocadura para tocar trompete ficou melhor. O único real incomodo é passar fio dental neles, no de cima até que vai rápido, já nos debaixo... - paciência. E também colocou mais alguns elasticos para criar espaço entre os últimos dentes para colocar as 4 ultimas bandas com tubo.

Dia 18
Os dentes estão incrivelmente com uma oclusão melhor, se encaixando melhor. Porém, percebe-se que o encaixe está bem torto. E está ficando cada vez mais nitido as angulações tortas da maxila superior e da mandibula. O que deve ficar cada vez mais nitido até a cirurgia, conforme os dentes são corretamente alinhados em suas bases. Também reparei que estou conseguindo promover uma maior abertura no sorriso.

Nota: Esse ano a articulação pouco incomodou, tive pouquissimas dores. Os estralos diminuiram. E "aquele liquido estranho" diminuiu bastante mas está quase sempre presente.

Sabe, estou com boas perspectivas no tratamento. A Dra. Denise que é realmente surpreendente está surpresa de como as coisas estão dando tudo bem, dá tudo certo... meus dentes estão bem posicionados, não atrapalham em nada... até para colocar as bandas foi rápido. Conheci uma garota na Internet com um caso muito semelhante ao meu, Fabiana, e que tratou com os dois, e terminou o tratamento com cirurgia em 9 meses. Além disso, como sou uma máquina de surpreender, e uma incrivel resistência fisica (apesar que no aspecto imunológico ter tido uma recaida nos ultimos meses, por stress e dormir pouco) [o Elton quer me dissecar], também acho que serei um daqueles casos surpreendentes de recuperação pós cirurgica. Como toco trompete, meus musculos da face estão bem desenvolvidos, fortes, assim como os nervos locais. E acho que terei pouco inchaço e em pouco tempo recuperarei, e até mesmo a sensibilidade acho que rapidamente voltará, acho que não perderei totalmente, e o "tentar" tocar trompete me ajudará como uma terapia, estimulando a região e os nervos a se adaptarem logo. E como já sou um pouco insensivel a dor e tolerar bem, também creio que não terei muito problema com isso. But, é esperar para ver.


Dia 22  - 25/05/2010


Na quarta consulta a dentista Denise terminou de montar o aparelho, foi extremamente tranquilo, até mesmo para por as bandas. Para ela, um novo recorde, uma montagem de aprelho, com 8 bandas, em apenas 4 consultas de aprox. 1 hora. Também trocou o arame superior. Agora partirei para as consultas mensais, até a cirurgia.

Esses dias sofri um pouco com machucados, aftas que o aparelho fez com a carne interna da bochecha, mas nada que a pomada Oscilam A não resolvesse rapidamente. Também, no trompete tive surpresa ao testar tocar o "lip protector" mas apenas com muita macinha, e usando o antigo bocal, um 1B, por ser um pouco menor do que o Schilke 22, acabou se acomodando muuuuuiiito melhor com o aparelho, deu quase que para tocar normalmente e por quase 2 horas... porém, trabalhar as notas agudas ainda é um tremendo problema.

Interessante que esse novo arame superior não está forçando meus dentes, nem ficaram doloridos. Mas apenas sinto uma pressão nos ossos da face, na região entre o maxilar superior e a testa, e estranho, mas ao mesmo tempo, gostoso, parece que está abrindo, esticando; mas não linearmente, como uma linha no centro verticalmente, mas numa grande área; sobretudo na base do nariz.

Também já ganhei um grande espassamento interno no céu da boca. Minha lingua agora tem espaço tranquilo para se movimentar e repousar. Também de certo modo sinto um pouco mais de facilidade para respirar pelo nariz, parece que aumentou o espaço de algum modo, entra muito mais ar, facilmente na inspiração. E outra coisa importante, para o caso, sinto minhas ATMs mais relaxadas e menos tensas, vamos assim dizer... é uma sensação de grande alivio, há qual há anos não sentia. Também está cada vez mais nitido como o maxilar inferior e superior estão tortos, conforme os dentes são alinhados em suas bases, também fazendo com alguns dentes não se encaixem, há partes da boca que não consigo mastigar, os dentes não se encontram. E também estou conseguindo esticar mais, abrir mais o sorriso, naturalmente (isso é  o que mais me intrigou).

Eu não esperava tanta mudança em menos de 1 mês.

Dia 33 - 15/06/2010

Um mês de tratamento. E as diferenças já são brutais. Houveram alguns minimos problemas na última semana antes de voltar na dentista, alguns elasticos sairam com a escovação, mas não trouxe muitos problemas. Bem,  ontem a dentista trocou a num. do arame. E aliás, já se percebe uma grande diferença na mordida. houve uma deslocação do eixo, nas fotos acima se percebe, que o queixo foi mais para a direita (na foto), e já há uma perceptivel noção de que houve um grande alinhamento dos dentes em relação as suas bases ósseas, deixando evidente a inclinação. Outra coisa que muito aumentou foi o espaço interno do céu da boca..abriu um grande espaço... cabe muito bastante da lingua, é quase impressionante. Interessante, é que praticamente os dentes não doem mais com as mudanças de arame, apenas na primeira vez a coisa foi realmente dolorida. O grande "saco" com todos os brackets agora, é passar fio dental... haja paciencia!!! meu recorde foram 12 minutos.

2ºMês - Dia 12/07/2010

Mais uma consulta com a Dra. Denise, o andamento do tratamento anda perfeitamente bem. Meus dentes já pegaram um bom alinhamento em suas respectivas bases... o que a imagem acima deixa bem claro, pois ficou bem nitido como as bases estão tortas, e como agora os dentes não se cruzam. O que deve acentuar ainda mais... até que seja tudo reposicionado com a cirurgia ortognática. Tambem, pela primeira vez trocou o fio para um de aço cirurgico, um pouco mais grosso, e com alguns detalhes para acertar os dentes.

2ºMês - Dia 14/07/2010
Fui no cirurgião Dr. Luciano, consulta de rotina marcada por ele para ver como andam as coisas. E ele se surpreendeu dizendo que meus dentes se adaptam rapidamente e está ficando muito bom. E para daqui 2 meses, faremos outra consulta, já para acertar a parte mais burocrática, alguns exames, e talvez datas e locais para a cirurgia.

3ºMês - Dia 09/07/2010
Fui novamente na dentista Dra. Denise. E a coisa agora está praticamente já bem andanda, apenas é uma questão de tempo até ficar preparadinho para a cirurgia. Alias, agora já está na hora de começar a preparar os tim tim por tim tim da cirurgia. Meus dentes já estão ficando bem alinhados, e os dentes da parte de trás estão já se abrindo aumentando o espaço interno. Aliás, alguem já percebeu que a curvatura dos dentes é semelhante a uma parábola, talvez uma função potencia ou exponencial?

4º Mês - Dia 30/08/2010

As coisas agora estão caminhando rapido, nesse último mês pude sentir já um forte alinhamento nos dentes da frente e uma grande abertura dos de trás, já podendo ver todos os dentes, na arcada (que em de arco) no sorriso. Hoje a dentista colocou o fio de 0,020" que é a mais grosso, e aconteceu algo estranho. Há duas semanas comecei a ter alguns espasmos musculares frequentes na palpebra do olho esquerdo (o que é irritante), pensei em várias possibilidade como stress, muito esforço fisico (de fato, as vezes acho que exagero nos exercicios apesar de não me cansar nunca) ou do trabalho de ficar, as vezes, muito tempo olhando para o computador, ou mesmo o óculos, e vou marcar uma consulta no oftamologista para ver isso. Porém, hoje após trocar o fio, já senti um certo deslocamento nos dentes e movendo os ossos, e uma certa pressão sobre a musculatura da face dos dois lados, é uma sensação estranha, como se os musculos ficassem tensos ou entrando ou saindo de uma anestesia... e nisso, houve alguns pequeninos espamos também no olho direito. Talvez seja realmente devido a musculatura do rosto que está se readaptando com as mudanças nos ossos. Aliás, o cirurgião disse que pós a cirurgia dá a impressão que se perdeu a sensibilidade no rosto, mas na verdade é porque os ossos e musculos mudam de lugar e então leva um tempo para os nervos se readaptarem a este posicionamento e controlar seus movimentos novamente. Ou seja, isso que está acontecendo talvez seja uma pequena amostra; logo, é bem possível que isso se intensifique até a cirurgia... e que as coisas finalizem. A dentista também disse hoje que o alinhamento dos meus dentes está ficando maravilhosamente bom, de modo, que ela está achando que será muito facil a cirurgia corrigir e encaixá-los, sem ter muito trabalho e assim, provavelmente, os resultados serão muito bons também. Além, de acreditar que eu terei uma rapida recuperação (eu também)... muito acima da média. Eu até brinquei que 2 dias depois da cirurgia já vou tentar tocar trompete. hehe Outro grande passo, é que o novo plano de saúde do novo emprego cobre a cirurgia, e já tenho por definido com o cirurgião Dr. Luciano que será em Dezembro no Hospital Nove de Julho em São Paulo.


6º mês - 13/12/2010

Após todo esse tempo, finalmente estou nos passos finais para a cirurgia. Ela irá ocorrer dia 12/jan, no Hospital Nove de Julho, indicado pelo cirurgião, Dr. Luciano. Segundo ele, desde outubro minha boca já estava preparada o suficiente para realizar a cirurgia, isto é, os dentes estava bem alinhados em relação a sua base óssea. Porém, devido a fatores profissionais, acadêmicos resolvei deixar para as férias, a principio, ia ser agora em dezembro, mas devido algumas programações musicais de fim de ano que irei tocar (trompete) e que já toquei, resolvi deixar para Janeiro.

Um dos diferenciais do Dr. Luciano é que ele tem um escritório que cuida de toda parte burocrática com o convenio e tudo mais. Eu simplesmente só passei os meus dados e do convenio, e o escritório resolveu tudo a questão para o convenio aprovar e reembolsar a cirurgia; eu não tive que quebrar a cabeça com nada disso; apenas tive que fazer um monte de exames, quais o convenio cobriu. (tomografia, cintilografia, hemograma...)

Agora é só questão de tempo, dia 10/jan, a dentista irá preparar o aparelho colocando um arame especial de espessura quadrada com uns ganchos que serão usados para amarrar com elásticos na cirurgia.

Confesso que estou um pouco ansioso, nem tanto, quase que nenhum com medo, ou com terror, de levar a anestesia geral, ou da chatice que será o pós-operatório até me recuperar, ou dos resultados... talvez o que mais me aflige será não poder tocar trompete por um bom tempo, e quase que certamente minha embocadura irá voltar do zero; ou seja, se em maio já estiver tudo zerado, e voltar a treinar, provavelmente, só lá para Dezembro ou 2012 que meu som voltará a ficar bom. Mas a minha maior ansiedade é que chegue e acabe logo isso. Aliás, essa é minha expectativa desde que esse problema foi detectado já há uns 5 anos. Mas estou com boas expectativas com a minha recuperação; acho que minha saúde física devido a uma vida atleticamente muito ativa, uma boa alimentação vegetariana, e mesmo o bom humor e o psicológico em que consigo lidar bem com essas situações incomodas e mesmo não ligar muito para dor e desconforto... acho que irá contribuir para meu organismo reagir e se readaptar rápido e com poucas complicações. E vou procurar estimular o máximo possível, meus músculos e articulações da face; na medida do que será possível. Além que confio muito que o Dr. Luciano irá realizar um ótimo trabalho, ao invés de algo ‘a la açougueiro’.

Quanto as dores, com o tratamento, o aparelho e tals, elas diminuíram a frequencia e a intensidade, apesar que no sábado, no final do dia provavelmente por ter sido um dia bem cheio que conversei muito e toquei muito, estava super dolorido. Os estalos se tornaram bem mais freqüentes, mas a intensidade menos incomoda (ou eu que acostumei). Porém, as dores de cabeça, nos últimos 2 meses, foram um pouco mais freqüente, e a pressão no globo ocular e dos na região dos olhos diminuiu muito depois de um pico que houve entre setembro e outubro – sempre predominando no lado direito. Porém, acho que por agora a mordida estar bem estranha, porque está alinhado com as bases tortas, está mais difícil mastigar e também se tornou quase impossível ficar com a boca fechada, sem deixar o queixo um pouco caído, se tentar deixar fechado, em pouco tempo começa a doer as articulações e a mandíbula a tremer de esforço; a parte mais chato disso, é que é inevitável que ao dormir eu babe muito. Ah, e também aqueles sons de ‘grilo’ no ouvido, ou de pedrinha pulando, se tornaram mais raros.

Bem, a partir do dia 10/jan. Irei acompanhar ‘mais de perto’ aqui no Blog sobre os detalhes da hora H, e do pós-cirurgico.


ALINHAMENTO PRÉ-CIRURGICO


Na foto acima fica evidente que os dentes superiores e inferiores estão desalinhados entre si, e com uma péssima oclusão, além de inclinados em relação a face (se percebe comparando com os lábios. Esse foi o resultado do "alinhamento", da preparação que se deve fazer na cirurgia.



Nas fotos acima, mostra que os dentes inferiores estão bem alinhados em relação a sua "base óssea" e os de cima também. Logo, o problema não é o alinhamento dos dentes, mas o alinhamento das bases ósseas. E é isso o que será feita na cirurgia, as bases serão devidamente alinhadas. Logo, o resultado que se espera é que assim, o alinhamento entre os dentes superiores e inferiores fique correto e bem bem ocluso, e consequentemente mais simétrico em relação a face (o que acaba também favorecendo na estetica). E depois, a dentista Dra. Denise irá praticamente apenas dar o acabamento final, pois a cirurgia não deixa 100%.

Alguns Exames Pré-Cirurgicos
Traçado USP-McNamara

Cintilografia óssea da ATM


3 dias para a cirurgia
Agora irá começar uma saga de informação e um acompanhamento no blog mais detalhado.

A cirurgia teve um adiamento de 2 dias. Hoje tive a ultima consulta pré-cirurgica. Na qual o Dr. Luciano Del Santos colocou um instrumento chamado 'Arco Facial' para montagem de um molde da minha boca em um outro instrumento chamado Articulador, para realizar uma cirurgia de modelos, basicamente uma simulação da cirurgia, mas ai, já vem as medidas tudo certinho, e visualmente o que irá fazer nos ossos. É um exame bem tranquilo, é tipo um barato de tortura que prende no ouvido, na testa e na boca para fixar exatamente a mordida e angulo de inclinação da mordida. Depois, faz um molde do superior e inferior e uma mordida naquela placa vermelha. Após isso, ele fez alguns exames visuais mais tecnicos, apenas observando, mando abrir a boca, fechar, sorrir, virar de perfil, de frente etc. Algumas fotos foram tiradas. E então algumas perguntas sobre quais eram as minhas principais queixas para procurar o tratamento, e quais as minhas perspectivas estéticas (caso tivesse uma 'varinha mágica') para o meu rosto.

Hoje também tive o retorno da questão burocrática do plano de saúde, que é o Bradesco Top. Bem, o custo com a equipe cirurgica será de 6 mil reais. (no começo do ano, eu estipulei os extrementos entre 6 e 11mil, com uma expectativa mais em torno entre 7-9 mil, e já comecei me planejei financeiramente para arcar com este custo na pior das hipoteses). Bem, foi o minimo do esperado, me surpreendou para ser sincero, ao meu ver, foi um presente este valor. E o convenio vai reembolsar ~65%, o resto é do meu bolso, ou seja, terei que arcar, em torno de 2,1 mil reais. Quanto aos custos com os materiais (como as placas e parafusos de titanio), instrumentos, remédios, hospital, internação, o plano de sáude cobrirá 100% dos custos. Não sei quanto custaria, alguns que consultei me disseram que o custo disso é por volta de 16 a 20 mil reais. Outra coisa excelente, é que o Dr. Luciano tem uma equipe de administradores que cuidam dessa parte burocrática, eu praticamente não tive que fazer nada, apenas tive que passar alguns dados, eles cuidaram realmente de tudo para não ter que quebrar a cabeça com isso. E sei de casos, em que pessoas tiveram uma GRANDE DOR DE CABEÇA, onde até mesmo tiveram que adiar meses e meses, e o dentista implorar pro convênio.

Quanto ao lado psicológico. Eu estou 100% tranquilo. Melhor, 120%. Nem um pouco preocupado. Nem mesmo ansioso. Apenas com uma leve expectativa, e isso ocupa muito a minha mente já há 2 semanas, que isso logo aconteça; é uma especie de curiosidade aguçada, do tipo, que se fosse possível, eu gostaria de estar acordado assistindo minha cirurgia com um espelho. Acredito que no fundo eu vou meio que surpreender. O Elton já falou das vantagens de um atleta fazendo cirurgia, é tudo melhor. Se acontece uma hemorragia, o próprio organismo do atleta já consegue estancar ou diminuir o sangramento, as vezes, até mesmo diminuindo propositalmente o batimento cardíaco. Mas acho que a cirurgia será bem tranquila, e o pós será até que de boas, uma especie de "super paz" se apossou de mim, tenho até mesmo a impressão que irei me recuperar super rápido, quase como o Wolverine rs. Enquanto, que a maioria das pessoas levam meses e meses e meses, e alguns tiveram que passar por fisioterapia e fonoaudiologia, eu, sinceramente, acho que em 1 semana já estarei fazendo caminhadas, pedalando e cantando; mas tocar trompete, acho que só depois de uns 3 meses. Mas sabe, eu não vejo a hora de repente, acordar um dia, e não sentir mais aquela "pressão", "tensão", "leve dor constante" e sensação de abrir uma porta com dobradiças enferrujadas cada vez que abro a boca, com a qual já vivo há anos, aliás, eu nem lembro e não consigo imaginar a sensação de simplesmente, "não sentir nada", será um alivio que deixará Brás Cubas com inveja.



Tirei essa foto há uns dias, mais para comparar o antes e o depois da cirurgia, em alguns aspectos fisionômicos e estéticos (bem, faltou uma foto com sorriso, depois eu vejo uma). Nesta foto fica bem evidente o desvio da mandibula, fazendo com que o queixo fique caido para o lado.


2 dias para a cirurgia
Hoje tive uma consulta com a dentista, onde basicamente fez uma lavagem com bicarbonato de sódio nos dentes, e colocou o 'fio cirurgico' no aparelho. É um fio de forma quadrada, ao invés de redondo, e com alguns ganchos bem grandes. A parte mais chata é para prendê-lo, é necessário amarrar brackt por brackt com um fio de arame. O aparelho ficar surpreendentemente preso nos dentes. Você sente bem mover os dentes, já na colocação, muito mais do que qualquer outro fio anterior. mas ele não chega a ser desconfortavel, de algum modo, ele fica mais confortavel do que com as borrachinhas, por ser menos volumoso na projeção para os lábios.




..........

Recomendo esses especialistas que estão cuidando do meu caso:

Dr. Luciano Del Santo (cirurgião bucomaxilofacial)
www.neoface.com.br

Dra. Denise Cohen (dentista)
Tel.: 3078-5861

Ambos de São Paulo - Capital.

Uma das coisas legais deles é que eles dão muita assistência, você pode ligar a qualquer hora que eles respondem o que você precisa. Fora o Luciano que mando milhares de e-mails para ele tirando dúvidas mínimas, e ele sempre responde. É uma assistência que faz a diferença.

6 comentários:

Tatianny Costa disse...

Oi Evandro!! Pesquisando blogs sobre a ortognatica te encontrei rsrs, temos muita coisa em comum viu.. Sou Adventista, Desbravadora, Prognata e farei minha ortognatica em Dezembro aqui em Vitória ES. Participo da Comunidade do Dr Luciano no orkut, quem me dera pudesse ir a SP operar com ele, mas não vai dar, então vou fazer por aqui mesmo! Vc gosta de escrever bastante né? li alguns paragrafos de sua história e fiquei feliz com o seu testemunho!! Parabéns e que Deus te abençoe!!

fabi disse...

Oi Evandro, td bem???
Estou na mesma situacao que vc, pre cirurgica. Meu cirurgiao tb sera o Dr. Luciano, que ca pra nos, nao conheco pessoa mais capacitada,competente e apaixonada pelo que faz. Olha que ja fui em outros cirurgioes, mas nenhum se compara a ele. (Sem contar a simpatia, paciencia e atencao).
Boa cirurgia pra vc e nao deixe de nos contar suas experiências. Abs

Guilherme Lito disse...

Evandro, parabéns o diário está bem legal! Recomendo a todos que leiam.

Cara eu sou do rio e não tenho grana para ir para SP fazer a cirurgia com seu médico. Fora a recomendação, o que te levou a escolher o Dr. Luciano?

Estou com muito medo e você parece bem tranquilo. Como você consegue?

Abs e boa sorte!

Isabel Fabber disse...

Oi Evandro, então, vou fazer a cirurgia para expansão do palatino, e gostaria de saber se vc pode me dizer, quais os exames que terei que fazer antes da cirurgia?

tipo:

Sangue?
urina?
ou oque?

e pra que servem, qual a importância desses exames?

desde já obrigado

Evandro Costa de Oliveira disse...

Olá Isabel, eram tantos os exames que não mais me recordo rs.
Pode perguntar para o seu médico que fará a cirurgia.

Mas foram vários. Para se realizar o procedimento cirurgico, passar por uma anestesia geral, é necessário muitas coisas. Como o do calcio, um que mede o nível/tempo de coagulacao e plaquetas...
Mas urina e fezes, nao tive que fazer pelo que me recordo.

Fora o da parte do sangue. Teve uns exames mais especificios de ossiometria, para ver a densidade dos ossos, saber se a fase de crescimento já acabou.

Evandro Costa de Oliveira disse...

se quiser pode me add no facebook para tirar mais duvidas... o principal.. é se certificar que o bucomaxilo era fazer um bom trabalho, uma obra de arte... caso contrário, os resultados podem não ficar muitos bons... e precisar de m longo pós cirurgico, como foi meu caso.